13/02/2019

A responsabilidade com a qualidade do pescado sempre foi um assunto rotineiro, por ser um alimento de alto valor nutricional, mas com grande vulnerabilidade à deterioração e desenvolvimento de substâncias danosas ao homem, caso não sejam obedecidas as condições de conservação.

Um dos motivos mais conhecidos na deterioração de peixes post mortem é a produção de histamina. A reação química sucede com a separação do grupo carboxílico do aminoácido histidina e como decorrência no composto tóxico histamina. Sua produção é decorrente do binômio tempo-temperatura, com temperaturas superiores a 4,4ºC. 

Caso a histamina seja consumida, os riscos à saúde humana pode chegar a vômitos, inchaço nos lábios, gengivas, cianose, dor de cabeça e dificuldade respiratória, ainda com potencial de morte.

Como isso acontece?

Peixes frescos normalmente possuem baixos níveis de histamina, que aumentam à medida que o peixe perde seu frescor. No entanto, práticas inadequadas de captura, manipulação, temperatura e período de estocagem podem aumentar a concentração de histamina, mesmo em peixes aparentemente frescos. Sensorialmente, a histamina é imperceptível, então a intoxicação é silenciosa.

Bactérias como Morg

Posted in Blog, histamina, noticias by Denilson Silva
04/02/2019

Atualmente, os animais estão cada vez mais próximos ao ser humano, seja como um companheiro ou na produção de alimentos. Na busca de uma melhor qualidade de vida destes pacientes, os exames laboratoriais são importantes aliados na saúde e na prevenção de doenças transmissíveis ao homem. A tecnologia e a pesquisa também têm sido utilizadas para proporcionar resultados cada vez mais precisos para prevenção, controle e tratamento de doenças. Os exames, tanto de rotina quanto pontuais, são de extrema importância na medicina veterinária, pois os pacientes muitas vezes não manifestam sintomas ou estes são muito brandos para identificação. Portanto, o uso dessa ferramenta auxilia o médico-veterinário a excluir algumas doenças e obter um diagnóstico e tratamento mais precisos. Em muitos casos, os exames laboratoriais são solicitados para situações específicas como, por exemplo, para avaliar o estado de saúde do paciente para o uso de uma determinada medicação e por motivos de viagem, principalmente para a avaliação da imunização do paciente que visitará um local endêmico de alguma doença, e cujo o documento é exigido pelos órgãos oficiais do país de destino. Entre os exames mais solicitados na área veterinária, destacam-se os de avaliação geral do paciente e de alguns órgãos vitais, sendo eles: hemograma, testes de avaliação renal e h

Posted in Blog, noticias, veterinaria by Denilson Silva